Kepya é uma plataforma de comercialização de produtos do campo que recolhe informação sobre a disponibilidade e necessidade de produtos agrícolas e promove a rápida transacção dos mesmos.

A estrutura das relações que podem ser estabelecidas na plataforma está assente em 4 polos essenciais:

O Hub de Inovação no Meio Rural.

Através da Kepya os agricultores ligam-se a uma rede de parceiros de confiança capaz de lhes fornecer, com acompanhamento técnico, todos os insumos e serviços necessários à sua actividade desde a preparação dos solos até ao escoamento da produção para o mercado.

KEPYA INDEX.

Todas as semanas o Kepya Index avalia os preços dos produtos mais vendidos nos principais mercados de Angola. Através do registo na Kepya pode consultar a evolução dos preços no mercado e tomar as melhores decisões.

Kepya Marketplace.

A plataforma que cruza as necessidades dos compradores com os lotes de produtos prestes a colher pelos agricultores da rede Kepya. Transacções seguras com entregas pontuais dos produtos com qualidade controlada.

Rede de lojas

A Kepya chega às comunidades rurais através de uma rede de lojas chamadas Centros de Serviços Agrícolas (CSA) distribuídas nas províncias de Angola.

Oportunidade para jovens

Para todos os novos agricultores que se estão a iniciar na actividade agrícola a Kepya é o suporte ideal que permite acesso a serviços técnicos e financeiros, insumos, ferramentas e um canal de escoamento da produção.

Oportunidade para empresas

A Kepya é um canal privilegiado para chegar a um público específico, os agricultores, que de outra forma não tem acesso ao mercado.

Aproximar para crescer

Últimas Novidades

Uma equação para o...

Em 2016 a revista americana Foreign Affairs divulgou uma excelente colecção de artigos intitulados...[Consulte Mais informação]

Diagnóstico da agricultura familiar...

Em Junho de 2018, a LAMININ efectuou um estudo de campo nas províncias de...[Consulte Mais informação]

Avó Rica, Avó PobreAbril

Você sabia que antes de 1997 os pequenos agricultores do Zimbabwe produziam mais milho...[Consulte Mais informação]